Especial 20 anos por 20 fãs | Entrevista - #14 Sara Melo


O especial ''20 anos por 20 fãs'' tem sido uma verdadeira surpresa para o Universo Croft. Bem mais aceito do que o esperado, a cada semana um novo fã vem mostrar o seu ponto de vista sobre a franquia e isso tem agradado a vocês que nos visitam.

Essa semana, a nossa entrevistada é a 'Sara Melo'. Ela tem 22 anos é de Belém do Pará, fã assídua da franquia, também mantinha até pouco tempo um ótimo fansite oficial no ar, o Portal Croft. Em meio a vida atribulada e na pausa que deu no site, ela nos deu essa entrevista com muita simplicidade e simpatia, o que já não é novidade para quem a conhece.

Acompanhe a entrevista dele logo abaixo:

Universo Croft - ''Quando foi que você conheceu a série?'' 

Sara Melo - Eu devia ter por volta dos 3 ou 4 anos. Meu pai tinha acabado de comprar nosso primeiro computador e passando na banca de revista ele trouxe um daqueles Cds com 500 jogos e uma demo de Tomb Raider 2. Foi meu primeiro jogo. Eu jogava com a minha mãe, mas tomamos um baita susto com os tigres no início do jogo hahaha. Depois de um tempo eu voltei a jogar e descobri que já haviam outros jogos, depois disso não parei mais. Até hoje jogo os lançamentos e os antigos também.


UC - ''Você é #TeamCore ou #TeamCrystal?''

Sara Melo - #TeamCore sem dúvidas! Os avanços gráficos e de jogabilidade estão cada vez mais incríveis, mas eu não dispenso um bom desafio. É o que eu mais sinto falta nos jogos novos, colocar a cabeça pra funcionar pra passar de fase. Sinto que os novos jogos são muito lineares, são mais aventura do que puzzle.


UC - ''Entre os jogos clássicos, qual é o seu preferido? E entre os atuais?'' 

Sara Melo - Tomb Raider 4 com certeza. Estou jogando ele agora, inclusive, comecei a fase Alexandria hoje. Dos novos eu gostei mais do ROTTR e do Anniversary (se é que conta como novo haha).


UC - ''Gostou da ''nova Lara Croft'' com o reboot de 2013?'' 

Sara Melo - Não sei dizer se eu gostei ou não. Parando pra pensar um pouco, a franquia era antiga, na minha opinião não tinha necessidade de reboot. Parem pra pensar, a história da família dela é quase a mesma, tirando a madrasta dela. Os pais morreram em ocasiões diferentes, ela continua rica, inteligente etc. Mas também acho que se não houvesse o reboot, o jogo não teria chamado atenção da mídia e seria apenas mais um jogo da saga Tomb Raider. Eu tinha uma visão sobre a Lara antiga, que tinha 40 e poucos anos, sobre uma mulher feita, resolvida. Me apeguei muito a essa figura, não aceitei o reboot de primeira, mas foi importante pro crescimento do jogo.


UC - ''O que você achou da escolha de Alicia Vikander para viver Lara Croft nos cinemas?'' 

Sara Melo - Não me lembro de ter visto a Alicia em algum filme de ação, realmente não sei como vai ser o resultado, estou muito ansiosa. Apesar de eu ter tido outras atrizes preferidas na época em que ainda não tinham escolhido quem faria o papel da Lara, uma delas era a Daisy Ridley, mais pela idade e pela boa atuação em Star Wars. Vamos dar um voto de confiança pra Alicia 😀


UC - ''O que você acredita que tenha te atraído na franquia?'

Sara Melo - Acho que foi o fato da protagonista ser uma mulher. Mas não qualquer mulher, já que existem outras personagens femininas nos games. Mas o estilo de jogo combinado a uma protagonista feminina. Um par de pistolas para uma exploradora, achei a combinação perfeita. Eu também sou uma grande fã de Batman e o combate corpo a corpo desse jogo também me prendeu. TR e ROTTR trouxeram um combate corpo a corpo um tanto diferente, já que a Lara usa seus equipamentos, e não os punhos em si. Esse novo método de combate também me atraiu nos novos jogos.


UC - ''O que espera ainda de novidade para a comemoração dos 20 anos até o fim do ano?'

Sara Melo - Não faço ideia do que esperar haha, os lançamentos até agora estão perfeitos, as DLCs, o livro de comemoração está lindo demais, podemos jogar ROTTR em realidade aumentada agora, né? Quem sabe o anúncio do próximo título da franquia? Seria ótimo ^^


UC - ''Está gostando do novo rumo que a série está tomando? Gosta dessa Lara crescendo nos jogos e se tornando a que conhecíamos antigamente?''

Sara Melo - É o que eu mais espero na série, ver o crescimento da Lara assim como nos jogos anteriores. Como vemos no primeiro jogo também, as habilidades dela melhoraram da água pro vinho do início até o final do jogo. Ela passou de sobrevivente à exploradora, voltando à essência de Tomb Raider, a saqueadora de tumbas. Se a saga continuar assim, acho que o sucesso é garantido, embora nem tudo seja eterno.


UC - ''Quer deixar algum recado?

Sara Melo - Eu gostaria de agradecer pela oportunidade dessa entrevista, que me foi dada por um grande amigo. Acompanhem sempre as atualizações e dêem todo o suporte ao blog e ao jogo. Bjs :3

Restando ainda 6 entrevistas até o fim do ano, quem na sua opinião deve ser o entrevista na próxima semana? Fiquem ligados no Universo Croft para mais novidades e lançamentos até o fim do ano.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Audrey Santos

0 comentários:

Postar um comentário